quarta-feira, 19 de outubro de 2011

Você me seduz...
Me possui
Como um demônio,
Sulga minha vida
Completamente
Como um vampiro
da noite..
E depois me
concede
amor,
que eu chamo
de compaixão!
Me tornei cega
diante de seus encantos.
Eu o alimento...
O que recebo?
Você me seduz,
seu cheiro irresistível,
seu olhos,
tristes...
cantam...
chamam os meus,
para uma dança.
Você me possui...
Num beijo me sufoca,
sem ar eu fico,
Quase morro:
De paixão!
Mentira!
Eu vi...
Eu o vi com ela.
Você mentiu,
Me feriu profundamente...
Era um sonho,
mas a dor é real!
Afinal,
Sonhos não mentem.

Nenhum comentário:

Postar um comentário